logotipo operacional.pt

Arquivo do autor

O EMPREGO DAS FORÇAS ARMADAS NO TERRITÓRIO NACIONAL

Por • 17 Nov, 2017 • Categoria: PRIMEIRA PÁGINA

O Coronel Carlos Gervásio Branco, colaborador habitual do Operacional, vem neste artigo e muito oportunamente lembrar aspectos básicos sobre o emprego das Forças Armadas – que parecem esquecidos no discurso público – e alertar, até com base em experiências anteriores, para as necessidades – materiais, legais e efectivos – decorrentes da atribuição de novas missões.



TANCOS: NUNCA DEVERIA TER ACONTECIDO!

Por • 12 Nov, 2017 • Categoria: EM DESTAQUE

“Tancos: o caso do furto que aconteceu e que nunca deveria ter acontecido” é uma reflexão do Coronel Vítor Gil Prata, colaborador habitual do Operacional, que aqui levanta questões pertinentes – e inquietantes – sobre a investigação criminal neste incrível caso e interroga-se se seria possível prevenir este furto, evitando que tivesse ocorrido e tenta também perceber o que não permitiu a sua prevenção.



12.º ANIVERSÁRIO DA BRIGADA DE REAÇÃO RÁPIDA

Por • 12 Nov, 2017 • Categoria: 03. REPORTAGEM

A Brigada de Reacção Rápida do Exército Português assinalou o seu 12.º aniversário no passado dia 30 de Setembro, na cidade de Portalegre. O ponto alto foi a tradicional cerimónia militar com empenhamento de parte significativa das suas forças em parada e a realização de demonstrações tácticas e saltos em pára-quedas.



INSTRUÇÃO DURA…

Por • 12 Nov, 2017 • Categoria: 08. JÁ LEMOS E...

Esta obra que acaba de ser publicada em edição do autor, Diogo de Góis Figueira, é um documento muito interessante e, tanto quanto julgamos saber, o primeiro livro que aborda a instrução num Curso Geral de Milicianos. Estes cursos que hoje já não se realizam marcaram uma época nas Forças Armadas em geral e também nas Tropas Pára-quedistas ao qual se refere em particular. Em concreto o CGM 1/86.



A REFUNDAÇÃO DO EXÉRCITO PORTUGUÊS

Por • 1 Nov, 2017 • Categoria: EM DESTAQUE

Portugal precisa do Exército, paga-o e o ramo terrestre das Forças Armadas deve retribuir aos portugueses capacidades militares e outras, muitas únicas e imprescindíveis à sociedade, mas também conduta exemplar dos seus membros, desde o topo da hierarquia ao soldado.



100 ANOS DA AVIAÇÃO NAVAL

Por • 2 Out, 2017 • Categoria: EM DESTAQUE

A Marinha Portuguesa está a assinalar o centenário da “Aviação Naval” tendo realizado no passado dia 28 de Setembro uma cerimónia alusiva a esta efeméride. Teve lugar em Lisboa (Belém), junto ao monumento comemorativo da 1ª travessia aérea do Atlântico Sul, e à qual se seguiu uma demonstração aérea e uma parada naval.



DIA DE “BASE ABERTA” EM SINTRA

Por • 12 Set, 2017 • Categoria: EM DESTAQUE

Bem cedo, antes da hora marcada, já são centenas que aguardam a abertura ao público da Base Aérea n.º 1 e do Museu do Ar, na Granja do Marquês junto a Sintra. Durante o dia serão milhares os visitantes, as actividades ligadas à aviação e mesmo outras sucedem-se com grande participação de pessoas de todas as idades, muitas famílias. O Operacional foi mais um visitante.



MAIS UM PASSO EM DIREÇÃO AO KC-390

Por • 27 Jul, 2017 • Categoria: EM DESTAQUE

Foi publicada hoje – 27JUL2017 – em Diário da República a Resolução do Conselho de Ministros n.º 109/2017, que dá mais um passo em direcção ao fim de vida dos Lockheed C-130 H e H-30 Hercules na Força Aérea Portuguesa e à aquisição de um avião de transporte novo, o KC-390 da Embraer.



ANGOLA IN THE AFRICAN PEACE AND SECURITY ARCHITECTURE

Por • 22 Jul, 2017 • Categoria: 08. JÁ LEMOS E...

O assunto que este livro aborda não é fácil e o tenente-coronel Luís Bernardino não só consegue trazer até ao leitor os antecedentes das Forças Armadas Angolanas, em grande medida desconhecidos mesmo de gente interessada na temática, como nos revela o que são em anos recentes, informação que não raras vezes está divulgada a nivel internacional com erros grosseiros e algum preconceito.



MISSÕES E EFECTIVOS, O CASO DA GNR

Por • 17 Jul, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO

O recente incidente de Tancos veio pôr a nu a real situação das Forças Armadas, consequência da manifesta falta de cuidado no que concerne às questões da segurança e da desatenção que nas últimas décadas o poder político tem tido para com as questões da defesa nacional e, designadamente, para as Forças Armadas (com repercussão directa nos planos material e imaterial).