logotipo operacional.pt

PRIMEIRA PÁGINA

O EMPREGO DAS FORÇAS ARMADAS NO TERRITÓRIO NACIONAL

O Coronel Carlos Gervásio Branco, colaborador habitual do Operacional, vem neste artigo e muito oportunamente lembrar aspectos básicos sobre o emprego das Forças Armadas – que parecem esquecidos no discurso público – e alertar, até com base em experiências anteriores, para as necessidades – materiais, legais e efectivos – decorrentes da atribuição de novas missões.

12.º ANIVERSÁRIO DA BRIGADA DE REAÇÃO RÁPIDA

A Brigada de Reacção Rápida do Exército Português assinalou o seu 12.º aniversário no passado dia 30 de Setembro, na cidade de Portalegre. O ponto alto foi a tradicional cerimónia militar com empenhamento de parte significativa das suas forças em parada e a realização de demonstrações tácticas e saltos em pára-quedas.

INSTRUÇÃO DURA…

Esta obra que acaba de ser publicada em edição do autor, Diogo de Góis Figueira, é um documento muito interessante e, tanto quanto julgamos saber, o primeiro livro que aborda a instrução num Curso Geral de Milicianos. Estes cursos que hoje já não se realizam marcaram uma época nas Forças Armadas em geral e também nas Tropas Pára-quedistas ao qual se refere em particular. Em concreto o CGM 1/86.

MISSÕES E EFECTIVOS, O CASO DA GNR

O recente incidente de Tancos veio pôr a nu a real situação das Forças Armadas, consequência da manifesta falta de cuidado no que concerne às questões da segurança e da desatenção que nas últimas décadas o poder político tem tido para com as questões da defesa nacional e, designadamente, para as Forças Armadas (com repercussão directa nos planos material e imaterial).

CONVITE PARA “UM DIA NO MUSEU MILITAR DE ELVAS – 2017”

Será nos próximos dias 17 e 18 de Junho, falta pouco mais do que um mês, que o turismo militar estará em alta na cidade pela mão do Exército e da Associação Portuguesa de Veículos Militares. Entrada livre para uma actividade pouco vulgar, senão mesmo inédita com esta dimensão em Portugal: demonstrações dinâmicas de veículos militares…clássicos!

DISTINTIVO DE BRAÇO DO CURSO DE QUALIFICAÇÃO DE “PARAQUEDISTA MILITAR”

Neste artigo o autor, António Sucena do Carmo, apresenta não só o distintivo que lhe dá título como transcreve importantes passagens da legislação em vigor, no respeitante a uniformes, artigos complementares, distintivos e condecorações, a qual nem sempre é correctamente seguida, com inevitáveis prejuízos no atavio e imagem dos militares.