logotipo operacional.pt

Arquivos de : ‘02. OPINIÃO’

BALANÇO DO OPERACIONAL.PT EM 2017

Por • 8 Jan, 2018 • Categoria: 02. OPINIÃO

Ao entrar no 10.º ano on-line o Operacional despede-se de 2017 como um ano difícil. Por motivos de ordem particular não foi nada fácil manter o site, o qual recordamos é 100% privado, não tem qualquer apoio institucional nem está ligado a qualquer associação ou empresa. Curiosamente mesmo tendo publicado menos de metade dos artigos de 2016 – logo baixamos as audiências – na realidade nunca fomos tão referidos na imprensa generalista nem tão solicitados para dar a nossa colaboração a diversos órgãos de informação, militares e civis. (mais…)



DEFESA NACIONAL E FORÇAS ARMADAS, O PIOR E O MELHOR DE 2017

Por • 5 Jan, 2018 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

Foi um ano fértil em acontecimentos marcantes na área da Defesa Nacional e Forças Armadas, quer aspectos positivos como o fortíssimo empenhamento para ajudar a colmatar as graves limitações evidenciadas pelo sistema de protecção civil nacional e o comportamento operacional dos militares portugueses República Centro Africana; quer negativos como os acontecimentos ainda não totalmente esclarecidos dos Paióis Nacionais de Tancos e o comportamento subsequente de agentes militares e políticos. (mais…)



O EMPREGO DAS FORÇAS ARMADAS NO TERRITÓRIO NACIONAL

Por • 17 Nov, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

O Coronel Carlos Gervásio Branco, colaborador habitual do Operacional, vem neste artigo e muito oportunamente lembrar aspectos básicos sobre o emprego das Forças Armadas – que parecem esquecidos no discurso público – e alertar, até com base em experiências anteriores, para as necessidades – materiais, legais e efectivos – decorrentes da atribuição de novas missões. (mais…)



TANCOS: NUNCA DEVERIA TER ACONTECIDO!

Por • 12 Nov, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

“Tancos: o caso do furto que aconteceu e que nunca deveria ter acontecido” é uma reflexão do Coronel Vítor Gil Prata, colaborador habitual do Operacional, que aqui levanta questões pertinentes – e inquietantes – sobre a investigação criminal neste incrível caso e interroga-se se seria possível prevenir este furto, evitando que tivesse ocorrido e tenta também perceber o que não permitiu a sua prevenção.

(mais…)



A REFUNDAÇÃO DO EXÉRCITO PORTUGUÊS

Por • 1 Nov, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

Portugal precisa do Exército, paga-o e o ramo terrestre das Forças Armadas deve retribuir aos portugueses capacidades militares e outras, muitas únicas e imprescindíveis à sociedade, mas também conduta exemplar dos seus membros, desde o topo da hierarquia ao soldado. (mais…)



MISSÕES E EFECTIVOS, O CASO DA GNR

Por • 17 Jul, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO

O recente incidente de Tancos veio pôr a nu a real situação das Forças Armadas, consequência da manifesta falta de cuidado no que concerne às questões da segurança e da desatenção que nas últimas décadas o poder político tem tido para com as questões da defesa nacional e, designadamente, para as Forças Armadas (com repercussão directa nos planos material e imaterial). (mais…)



O QUE PARECE É?

Por • 11 Jul, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

Azeredo Lopes, um general da comunicação, está a ganhar a guerra da informação, o Exército passa por ser incompetente, mal comandado nos baixos escalões, mas bem dirigido no topo da hierarquia. (mais…)



ESTATUTO DOS MILITARES DA GUARDA NACIONAL REPUBLICANA / 2017

Por • 8 Abr, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

Impressiona ler este artigo! O coronel Carlos Manuel Gervásio Branco, hoje na situação de Reserva, esteve durante anos ligado à produção legislativa da GNR, sabe bem do que fala, e mostra aqui com clareza e fundamentação o que é o novo Estatuto dos Militares da GNR. Não deixando de assinalar algumas alterações positivas, impressiona depois ver a ligeireza (e a ignorância, mas também a perfídia!) presente neste documento legal. O artigo é extenso, mas acreditem trata-se de autêntico serviço público, expor aquilo que vai reger a vida profissional dos militares da GNR e afectar a própria Instituição. (mais…)



O “PRINCÍPIO DA ROTATIVIDADE” NA CHEFIA DAS FORÇAS ARMADAS

Por • 3 Fev, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

Para quê enunciar um princípio que não existe, deixando cair na imprensa notícias sobre a nomeação de um CEMGFA a mais de um ano de distância? Bem à portuguesa o dito “princípio” é um acordo de cavalheiros que pode sempre ser quebrado, sem o quebrarem…porque não existe! Consoante convém ao governo e ao Presidente da República ouvimos, como agora, falar desse misterioso “princípio”. (mais…)



ESTAGNAÇÃO NOS EFECTIVOS MILITARES PARA 2017

Por • 21 Dez, 2016 • Categoria: 02. OPINIÃO

Foi hoje, 21 de Dezembro de 2016, publicado em Diário da República o Decreto-Lei n.º 84/2016, que fixa os efectivos militares para 2017, baseando os números agora aprovados, numa resolução do Conselho de Ministros do governo anterior. Pelo quarto ano consecutivo, Portugal fica, neste aspecto, indiferente às alterações de segurança internacionais e às ameaças que se aproximam da Europa. (mais…)