logotipo operacional.pt

Posts com Tag ‘Exército’

UM DIA NA ZONA MILITAR DA MADEIRA – VÍDEO

Por • 5 Dez, 2019 • Categoria: PRIMEIRA PÁGINA

Com este vídeo terminamos a reportagem que fizemos na Zona Militar da Madeira do Exército Português em Novembro de 2019. Tem duas partes distintas, a primeira dedicado a uma actividade pioneira destinada aos alunos do Ensino Básico, o “Alista-te por um dia”  e a segunda uma síntese do muito que a Madeira e em particular o Funchal têm para ver em termos do chamado “Turismo Militar”.



FUNCHAL, UM ROTEIRO MILITAR A VISITAR!

Por • 27 Nov, 2019 • Categoria: 03. REPORTAGEM, EM DESTAQUE

Depois de quase uma centena de metros nas entranhas do Pico da Cruz que domina o Funchal, descendo por uma escadaria apertada, saímos para o ar-livre e…uma vista espectacular sobre o Oceano Atlântico, as Ilhas Desertas e o anfiteatro natural onde se desenvolve a cidade. Esta vista é um dos trunfos do “turismo militar” que o Exército está a dinamizar no Funchal, através do Roteiro do Turismo Militar.



UM DIA NO REGIMENTO DE GUARNIÇÃO N.º 3 – FUNCHAL

Por • 9 Nov, 2019 • Categoria: EM DESTAQUE

O Regimento de Guarnição n.º 3 localizado no Funchal é a unidade fulcral do dispositivo militar na Madeira, com a esmagadora maioria dos efectivos das Forças Armadas nesta Região Autónoma. Tem capacidades que lhe permitem não só desempenhar a sua missão primária, naturalmente a vertente operacional, mas também o apoio às populações, facto comprovado em várias ocasiões recentes.



DEMONSTRAÇÃO DE CAPACIDADES DA BRIGADA DE REAÇÃO RÁPIDA – 2019

Por • 27 Set, 2019 • Categoria: EM DESTAQUE

A Brigada de Reação Rápida (BrigRR) do Exército Português realizou no passado dia 17 de Setembro, no Aeródromo Militar de Tancos, uma demonstração de capacidades a que o Operacional assistiu. Ocasião para mostrar aos nossos leitores as imagens do Alfredo Serrano Rosa e olhar, ainda que em síntese, para alguns aspectos gerais relativos à Defesa Nacional e Forças Armadas que têm interferência directa nas unidades operacionais. Terminamos com os equipamentos e materiais que estão a entrar ao serviço no Exército e certamente irão marcar as próximas gerações de militares portugueses. 



O DIA DOS PARAQUEDISTAS MILITARES!

Por • 31 Mai, 2019 • Categoria: 03. REPORTAGEM

Este ano o Tenente-Coronel Piloto Aviador (R) João Brandão Ferreira, um dos autores portugueses dedicado a temas militares que mais bibliografia tem publicada e que pontualmente colabora com o Operacional,  foi a Tancos assistir aos Dia dos Paraquedistas e às comemorações do 63.º Aniversário da inauguração do Regimento de Paraquedistas. Quis estar presente para ver com os seus olhos, sentir o ambiente, comparar a realidade do “23 de Maio” com aquilo que tem ouvido dizer! Aqui fica o seu relato e em anexo inserimos o discurso do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante Silva Ribeiro que presidiu à cerimónia, alocução referida pelo autor no seu artigo. 



EXERCÍCIO “BELEROFONTE 191” TESTA PRONTIDÃO NO EXÉRCITO

Por • 28 Mar, 2019 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

O exercício “Belerofonte 191” colocou à prova a capacidade de reacção de várias componentes do Exército para certificar a Componente Terrestre da Força de Reação Imediata (CT/FRI) do Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA), este ano assente no 1.º Batalhão de Infantaria Paraquedista da Brigada de Reação Rápida (BrigRR), integrando outras forças do ramo. O exercício decorreu de 18 a 22 de Março de 2019, e teve como objectivos primários o treino, a avaliação e a certificação desta CT/FRI. Os 5 militares do Exército que partiram para Moçambique no primeiro C-130 em 20MAR2019, saíram directamente do exercício.



APOIO MILITAR DE EMERGÊNCIA A MOÇAMBIQUE

Por • 21 Mar, 2019 • Categoria: 03. REPORTAGEM, 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

A Força de Reacção Imediata (FRI) do Estado-Maior General das Forças Armadas foi activada em 20MAR2019 para nesse mesmo dia iniciar uma operação de resposta à emergência civil que se vive na região da Beira, em Moçambique, após a passagem do ciclone “Idai”. Horas após a decisão politica um C-130 da Esquadra 501 da Força Aérea Portuguesa descolou de Lisboa, já na madrugada de 21MAR. Assim se percebe porque temos que ter, sempre, militares e meios em elevado estado de prontidão.



OS COMBATES EM BAMBARI E O BAPTISMO DE FOGO DAS PANDUR II

Por • 19 Jan, 2019 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

O comandante da 4.ª Força Nacional Destacada (Conjunta) na RCA, Tenente-Coronel Paraquedista Óscar Fontoura, respondeu às questões do Operacional desde Bambari, sobre os combates deste início de Janeiro e o desempenho das Pandur II 8X8. A segunda cidade da Republica Centro Africana, importante nó rodoviário que controla o acesso de mercadorias à capital e ao país, com importantes recursos minerais na região, está para já livre dos grupos armados. A autoridade do Estado vai sendo reposta pelas forças da MINUSCA e Forças Armadas Centro Africanas, tendo a Força de Reacção Rápida (FRR), maioritariamente composta por Paraquedistas portugueses desempenhado um papel determinante.



JANEIRO DE 2019, PÁRA-QUEDISTAS NOVAMENTE EM COMBATE NA RCA

Por • 16 Jan, 2019 • Categoria: ., 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, 11. IMPRENSA, EM DESTAQUE

A 4.ª Força Nacional Destacada (Conjunta) que está actualmente na República Centro Africana, composta maioritariamente por militares do 2.º Batalhão de Infantaria Pára-quedista, esteve nestes primeiros dias de Janeiro de 2019, envolvida em violentos combates na região de Bambari, a cerca de 400 de Bangui, capital da República Centro Africana. Veja aqui na íntegra a entrevista sobre este assunto concedida à SIC Notícias pelo CEMGFA, Almirante Silva Ribeiro e as imagens recolhidas pelo 2.ºBIPara no teatro de operações.



O EXÉRCITO PORTUGUÊS NA GRANDE GUERRA (1914-1918) – JORNAL DO EXÉRCITO

Por • 22 Nov, 2018 • Categoria: 05. PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XX, 08. JÁ LEMOS E...

Por ocasião do Dia do Exército 2018 – 25 de Outubro – foi lançado um número especial do Jornal do Exército, dedicado à sua participação na 1.ª Guerra Mundial, quer nos teatros de operações de África, em Angola e Moçambique, quer na Europa, em França. Trata-se de uma interessante revista, profusamente ilustrada, e escrita porque vários autores, militares e civis, todos eles com “reconhecidos conhecimentos sobre este período da nossa história”. A não perder!