logotipo operacional.pt

Posts com Tag ‘Exército’

DEMONSTRAÇÃO DE CAPACIDADES DA BRIGADA DE REAÇÃO RÁPIDA – 2019

Por • 27 Set, 2019 • Categoria: EM DESTAQUE

A Brigada de Reação Rápida (BrigRR) do Exército Português realizou no passado dia 17 de Setembro, no Aeródromo Militar de Tancos, uma demonstração de capacidades a que o Operacional assistiu. Ocasião para mostrar aos nossos leitores as imagens do Alfredo Serrano Rosa e olhar, ainda que em síntese, para alguns aspectos gerais relativos à Defesa Nacional e Forças Armadas que têm interferência directa nas unidades operacionais. Terminamos com os equipamentos e materiais que estão a entrar ao serviço no Exército e certamente irão marcar as próximas gerações de militares portugueses. 



O DIA DOS PARAQUEDISTAS MILITARES!

Por • 31 Mai, 2019 • Categoria: 03. REPORTAGEM

Este ano o Tenente-Coronel Piloto Aviador (R) João Brandão Ferreira, um dos autores portugueses dedicado a temas militares que mais bibliografia tem publicada e que pontualmente colabora com o Operacional,  foi a Tancos assistir aos Dia dos Paraquedistas e às comemorações do 63.º Aniversário da inauguração do Regimento de Paraquedistas. Quis estar presente para ver com os seus olhos, sentir o ambiente, comparar a realidade do “23 de Maio” com aquilo que tem ouvido dizer! Aqui fica o seu relato e em anexo inserimos o discurso do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante Silva Ribeiro que presidiu à cerimónia, alocução referida pelo autor no seu artigo. 



EXERCÍCIO “BELEROFONTE 191” TESTA PRONTIDÃO NO EXÉRCITO

Por • 28 Mar, 2019 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

O exercício “Belerofonte 191” colocou à prova a capacidade de reacção de várias componentes do Exército para certificar a Componente Terrestre da Força de Reação Imediata (CT/FRI) do Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA), este ano assente no 1.º Batalhão de Infantaria Paraquedista da Brigada de Reação Rápida (BrigRR), integrando outras forças do ramo. O exercício decorreu de 18 a 22 de Março de 2019, e teve como objectivos primários o treino, a avaliação e a certificação desta CT/FRI. Os 5 militares do Exército que partiram para Moçambique no primeiro C-130 em 20MAR2019, saíram directamente do exercício.



APOIO MILITAR DE EMERGÊNCIA A MOÇAMBIQUE

Por • 21 Mar, 2019 • Categoria: 03. REPORTAGEM, 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

A Força de Reacção Imediata (FRI) do Estado-Maior General das Forças Armadas foi activada em 20MAR2019 para nesse mesmo dia iniciar uma operação de resposta à emergência civil que se vive na região da Beira, em Moçambique, após a passagem do ciclone “Idai”. Horas após a decisão politica um C-130 da Esquadra 501 da Força Aérea Portuguesa descolou de Lisboa, já na madrugada de 21MAR. Assim se percebe porque temos que ter, sempre, militares e meios em elevado estado de prontidão.



OS COMBATES EM BAMBARI E O BAPTISMO DE FOGO DAS PANDUR II

Por • 19 Jan, 2019 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

O comandante da 4.ª Força Nacional Destacada (Conjunta) na RCA, Tenente-Coronel Paraquedista Óscar Fontoura, respondeu às questões do Operacional desde Bambari, sobre os combates deste início de Janeiro e o desempenho das Pandur II 8X8. A segunda cidade da Republica Centro Africana, importante nó rodoviário que controla o acesso de mercadorias à capital e ao país, com importantes recursos minerais na região, está para já livre dos grupos armados. A autoridade do Estado vai sendo reposta pelas forças da MINUSCA e Forças Armadas Centro Africanas, tendo a Força de Reacção Rápida (FRR), maioritariamente composta por Paraquedistas portugueses desempenhado um papel determinante.



JANEIRO DE 2019, PÁRA-QUEDISTAS NOVAMENTE EM COMBATE NA RCA

Por • 16 Jan, 2019 • Categoria: ., 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, 11. IMPRENSA, EM DESTAQUE

A 4.ª Força Nacional Destacada (Conjunta) que está actualmente na República Centro Africana, composta maioritariamente por militares do 2.º Batalhão de Infantaria Pára-quedista, esteve nestes primeiros dias de Janeiro de 2019, envolvida em violentos combates na região de Bambari, a cerca de 400 de Bangui, capital da República Centro Africana. Veja aqui na íntegra a entrevista sobre este assunto concedida à SIC Notícias pelo CEMGFA, Almirante Silva Ribeiro e as imagens recolhidas pelo 2.ºBIPara no teatro de operações.



O EXÉRCITO PORTUGUÊS NA GRANDE GUERRA (1914-1918) – JORNAL DO EXÉRCITO

Por • 22 Nov, 2018 • Categoria: 05. PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XX, 08. JÁ LEMOS E...

Por ocasião do Dia do Exército 2018 – 25 de Outubro – foi lançado um número especial do Jornal do Exército, dedicado à sua participação na 1.ª Guerra Mundial, quer nos teatros de operações de África, em Angola e Moçambique, quer na Europa, em França. Trata-se de uma interessante revista, profusamente ilustrada, e escrita porque vários autores, militares e civis, todos eles com “reconhecidos conhecimentos sobre este período da nossa história”. A não perder!  



BRIGADA DE REAÇÃO RÁPIDA ASSINALA ANIVERSÁRIO EM TOMAR

Por • 7 Out, 2018 • Categoria: 03. REPORTAGEM, EM DESTAQUE

Em 29SET2018 o 13.º aniversário da Brigada de Reação Rápida realizou-se em Tomar, cidade que acolhe o Regimento de Infantaria n.º 15, e ficou marcado pelo acto formal da entrega do Estandarte Nacional que acompanhou a 3.ª FND (Conjunta) MINUSCA e a divulgação pública do inédito “louvor” que a Assembleia da República havia aprovado no dia anterior, precisamente destinado a enaltecer os militares portugueses que actuaram e actuam ao serviço das Nações Unidas e da União Europeia na República Centro Africana.



ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA APROVA “VOTO DE CONGRATULAÇÃO AOS MILITARES PORTUGUESES NA RCA”

Por • 29 Set, 2018 • Categoria: 01. NOTÍCIAS

A Assembleia da República numa atitude que não temos memória de ter havido outra em relação a operações militares das Forças Armadas Portuguesas, aprovou no passado dia 28SET2018, por maioria, um “Voto de congratulação aos militares portugueses na República Centro Africana”.



OS PÁRAS EM COMBATE NA RCA, A OPERAÇÃO “SUKULA”

Por • 6 Set, 2018 • Categoria: 03. REPORTAGEM, 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

«…Os elementos dos grupos armados tinham posições de tiro ao longo do enfiamento da rua e lateralmente. Disparavam e deslocavam-se para outras posições utilizado os labirintos existentes entre as habitações…lançavam granadas dos telhados… …mal a nossa primeira viatura entrou na rua foi alvejada, respondemos de imediato…». Neste artigo vamos tentar dar uma ideia aos nossos leitores do que foi uma das acções de combate dos paraquedistas da 3.ª Força Nacional Destacada (Conjunta) na MINUSCA em Bangui, a Operação “Sukula”.