- - http://www.operacional.pt -

OS SUBMARINOS DA MARINHA PORTUGUESA – 4.ª EDIÇÃO

Os submarinos são dos mais poderosos instrumentos militares que um país virado para o mar pode ter. Portugal desde 1913 que consegue manter na sua Marinha esquadrilhas de submarinos. Actualmente o “Tridente” e o “Arpão” são dois navios modernos e com capacidades que muitas vezes passam despercebidas ao grande público. Esta obra tem o mérito de nos recordar todos os anteriores submarinos da Marinha Portuguesa e os submarinistas, abordar temas ligados à “arma submarina” ao longo da história e ainda mergulhar com a actual Esquadrilha revelando as suas capacidades e missões.

O NRP Arpão no Tejo, junto ao Alfeite, em 15MAR2017 (Foto Luís Miguel Correia)

Não é vulgar no panorama editorial nacional haver a possibilidade de acompanhar lendo, e com algum detalhe, a vida de um sistema de armas concreto ao longo de mais de um século! Na realidade esta obra é a 4.ª Edição, sucessivamente revista e aumentada, do livro de Maurício de Oliveira com o mesmo título que já conheceu edições em 1970, 1988 (edição revista e aumentada), 2010 (novamente revista e aumentada, os novos submarinos estavam adquiridos e a chegar a Portugal).

Maurício de Oliveira (1909-1972), foi jornalista e escritor que muita atenção prestou aos temas ligados ao mar e à Marinha de Guerra. Foi aliás o fundador em 1937 da publicação periódica, privada, “Revista de Marinha”, a qual continua a ser publicada e cujas “Edições Revista de Marinha”, agora publicam a obra em apreço. A “Revista da Armada” publicação oficial da Marinha dedicou-lhe um extenso artigo em Agosto de 2000, intitulado “Maurício de Oliveira, um amigo da Marinha [1]” que teve mesmo honras de capa!

[2]

Honras de capa na Revista da Armada para um jornalista que fundou a “Revista de Marinha” , foi autor de vários livros sobre temática ligada ao Mar e à Marinha de Guerra e jornalista em diversos periódicos portugueses. Autor original desta obra sobre os Submarinos Portugueses, o seu trabalho está hoje actualizado!

Esta 4.ª edição faz assim o pleno das 5 Esquadrilhas de submarinos que a Marinha operou e bastante espaço já aos actuais navios – mais de 100 das 390 páginas da obra  – com uma década de operação na Marinha.

A obra é profusamente ilustrada com imagens dos submarinos que foram servindo na Armada desde 1913, e embora se notem naturalmente diferentes abordagens ao nível da escrita pelos diferentes autores e épocas em que os textos foram escritos – mesmo que revistos – a leitura é fácil e perfeitamente compreensível para quem não esteja muito familiarizado com os temas navais. É um trabalho para o grande público, e sendo de algum modo ligeiro e descritivo, acaba por também incluir detalhes sobre as capacidades e missões que julgamos vão interessar a um público mais exigente e curioso. A obra conjuga um estilo jornalístico que transparece em notícias de factos que em determinado momento histórico foram relevantes, crónicas de viagens, exercícios e missões operacionais, algumas bem curiosas, e depois os aspectos mais técnicos ligados ao material e armamento. A doutrina de emprego ao longo dos anos – por vezes também com relatos do que se passou nesta área no estrangeiro – e a “gama de emprego operacional” destes meios, mostram a capacidade militar acrescida que significa para um país dispor de submarinos. E de segurança, diga-se, num entendimento mais alargado do termo, porque há missões que podem extravasar a vertente exclusivamente militar.

[3]

O índice fala que publicamos fala por si, os assuntos ali inscritos mostram bem o que o leito pode esperar.

Tem formato 17X24cm, 396 páginas, 140 fotografias a preto e branco, vários esquemas, desenhos e mapas. Tem o ISBN 978-972-96535-9-9 , a edição está datada de 2018 . A foto de capa é da autoria de Luís Miguel Correia, conhecido autor de temas navais que mantém  o blog SHIPS & THE SEA. [4]

O livro vai ser apresentado publicamente muito em breve, já está à venda na “Revista de Marinha” pelo preço de 20,00€ e pode ser adquirido através do endereço revistamarinha@gmail.com ou os outros contactos referidos na ficha técnica (abaixo).

[5]

[6]

 

[7]

[8]

[9]

[10]

[11]

O NRP Tridente chegou a Lisboa em 02AGO2010.

Leia no Operacional sobre os Submarinos da Marinha Portuguesa
“BARRACUDA” TERMINOU SERVIÇO ACTIVO [12]
O “BARRACUDA” EM CACILHAS [13]
Leia no Operacional sobre um submarino francês, transformado em museu em Saint-Nazaire:
VISITA AO SUBMARINO “ESPADON” [14]
Leia no Operacional sobre um submarino alemão, transformado em museu em Liverpool:
A HISTÓRIA DO U-534 [15]