logotipo operacional.pt

Arquivos de : ‘04 . PORTUGAL EM GUERRA – SÉCULO XXI’

NA REPUBLICA CENTRO AFRICANA OS PORTUGUESES NÃO PARAM!

Por • 20 Abr, 2018 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, PRIMEIRA PÁGINA

Quer em Bangui quer fora da capital da República Centro Africana, por vezes a centenas de quilómetros da sua base no aeroporto internacional de M’Poko, a Força de Reacção Rápida da MINUSCA continua as operações para neutralizar grupos armados ou para prevenir as suas acções. Aqui fica uma foto-reportagem das últimas semanas de operações na RCA para os portugueses da 3.ª Força Nacional Destacada. (mais…)



COMANDANTE DA FND PORTUGUESA NA RCA FALA AO OPERACIONAL

Por • 5 Abr, 2018 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

A força portuguesa na República Centro Africana foi há escassos dias alvo de um ataque, reagiu com o armamento ligeiro e pesado ao seu dispor, letal e não-letal, não houve baixas entre os nossos militares nem na população, mesmo naquela apoiante dos atacantes que fugiram. Este facto teve algum destaque na imprensa portuguesa, as coisas correram bem, a notícia rapidamente passou. Quisemos saber mais detalhes, perceber o que se está a passar com os nossos militares na RCA e falamos com o Tenente-Coronel Pára-quedista João Bernardino que comanda a 3.ª Força Nacional Destacada (Conjunta) na MINUSCA – (United Nations Multidimensional Integrated Stabilization Mission in the Central African Republic). 
(mais…)



FORÇA PORTUGUESA NA REPÚBLICA CENTRO AFRICANA

Por • 18 Mar, 2018 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

A 3.ª Força Nacional Destacada portuguesa na República Centro Africana, projectada para este país no início de Março de 2018, tem estado nestas duas primeiras semanas de missão a preparar-se para muito em breve iniciar a actividade operacional e ao mesmo tempo a concluir a sua instalação naquela que vai ser a sua base principal nos próximos 6 meses, campo M’Poko, Bangui, RCA. A FND na MINUSCA (United Nations Multidimensional Integrated Stabilization Mission in the Central African Republic) é em 80% constituída por militares paraquedistas da Brigada de Reação Rápida mas integra também elementos das armas e serviços do Exército e um Destacamento de Controlo Aéreo Táctico da Força Aérea Portuguesa. (mais…)



ATIVIDADE OPERACIONAL DAS FORÇAS ARMADAS – 2017/2018

Por • 14 Jan, 2018 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, 11. IMPRENSA, EM DESTAQUE

Realizou-se no passado dia 9 de Janeiro uma conferência de imprensa que nos pareceu relevante, por tentar dar um novo impulso na divulgação da temática em causa, mas também pela importância que lhe foi dada com a presença dos 4 chefes militares – CEMGFA, CEMA, CEME E CEMFA – e do Ministro da Defesa Nacional. Contamos o que vimos, comentamos algumas afirmações, fazemos um balanço dos resultados alcançados e deixamos sugestões. (mais…)



BRIGADEIRO-GENERAL PORTUGUÊS COMANDA EUTM-REPÚBLICA CENTRO AFRICANA

Por • 30 Dez, 2017 • Categoria: 01. NOTÍCIAS, 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI

Sob o comando do Brigadeiro-General Hermínio Maio do Exército Português, partem na primeira semana de Janeiro de 2018 para a República Centro Africana, os militares portugueses que vão integrar o novo e reforçado contingente nacional na Missão de Treino da União Europeia neste país africano. (mais…)



MILITARES PORTUGUESES EM ÁFRICA AO SERVIÇO DA ONU E UE

Por • 28 Nov, 2017 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

Portugal vai reforçar a sua participação na força da União Europeia na República Centro Africana, cabendo em Janeiro de 2018 ao Brigadeiro-general Hermínio Maio do Exército Português substituir o General de Divisão espanhol Fernando García Blázquez. Continuaremos neste país na força das Nações Unidas; nas missões da ONU e da UE no Mali com efectivos simbólicos, bem assim como na missão da UE na Somália. Um denominador comum para todos os envolvidos, grande instabilidade e insegurança, várias baixas anuais nas forças internacionais, entre as quais um militar português no Mali em Junho deste ano, e um ferido na RCA no mês seguinte.
(mais…)



EXÉRCITO PORTUGUÊS REGRESSA À “FRENTE LESTE”

Por • 28 Abr, 2017 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

A Lituânia será de novo o destino de uma Força Nacional Destacada do Exército que em breve participará nas operações da OTAN naquele país aliado. Portugal volta assim a participar nas Assurance Measures destinadas a dissuadir actividades agressivas por parte da Federação Russa, demonstrando o seu  empenho no esforço de defesa colectiva da Aliança Atlântica. (mais…)



IRAQUE: BRIGADA MECANIZADA NA FORMAÇÃO DA GUARDA DE FRONTEIRA

Por • 9 Fev, 2017 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI, EM DESTAQUE

O 4.º Contingente Nacional formado por militares da Brigada Mecanizada está no teatro de operações do Iraque há sensivelmente 3 meses, empenhado na formação das forças de segurança locais. Integrados na Coligação Internacional liderada pelos EUA e na qual participam mais de 60 países, este é o contributo de Portugal para o combate ao Daesh no Iraque. Fazemos aqui uma actualização do que se passa no terreno com o nosso contingente. (mais…)



FORÇAS PORTUGUESAS NO IRAQUE, DEZEMBRO de 2016

Por • 15 Dez, 2016 • Categoria: 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI

As Forças Nacionais Destacadas de Portugal no Iraque, agora provenientes da Brigada Mecanizada, continuam a sua actividade em Besmayah, formando militares e polícias. Parte dos iraquianos que agora combatem em Mossul contra o Daesh, também foram treinados por militares portugueses, em cumprimento das opções políticas de Portugal, juntando-se ao combate da comunidade internacional para derrotar o auto-denominado “Estado Islâmico”. (mais…)



MISSÕES EXTERIORES PARA AS FORÇAS ARMADAS EM 2017

Por • 7 Dez, 2016 • Categoria: 01. NOTÍCIAS, 04 . PORTUGAL EM GUERRA - SÉCULO XXI

O Conselho Superior de Defesa Nacional reuniu-se ontem, 06DEZ2016, e anunciou quais as missões exteriores que as Forças Armadas Portuguesas devem cumprir em 2017. Aguarda-se agora a divulgação dos meios e pessoal que serão envolvidos e bem assim como a duração das missões, para se pode verificar qual será de facto o esforço militar internacional de Portugal. (mais…)