logotipo operacional.pt

Arquivos de : ‘02. OPINIÃO’

A OPINIÃO DE MILITARES NA IMPRENSA

Por • 23 Nov, 2018 • Categoria: 02. OPINIÃO, 11. IMPRENSA

Militares fora do activo escrevem regularmente ou ocasionalmente em órgãos de comunicação social as suas opiniões sobre temática de defesa e forças armadas. A lista felizmente é longa e antiga, uns escrevem muitas vezes outros menos, mas o que nos leva a este pequeno apontamento é a recente inclusão em mais dois jornais de colunas de opinião, semanais, escritas por militares. (mais…)



JUSTIFICA-SE A POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR?

Por • 30 Set, 2018 • Categoria: 02. OPINIÃO

Os recentes acontecimentos relacionados com o desaparecimento e a posterior recuperação do material de guerra dos paióis de Tancos, com alguma demagogia e oportuno aproveitamento têm servido de justificação para aqueles que de há muito pretendem a extinção da Polícia Judiciária Militar (PJM) e a passagem das suas atribuições e competências para a Polícia Judiciária (civil). (mais…)



VAMOS VOLTAR A OUVIR FALAR DA UCRÂNIA?

Por • 25 Fev, 2018 • Categoria: 02. OPINIÃO

Talvez por causa do que se está a passar noutros pontos do globo com maior visibilidade mediática passou relativamente despercebida por cá uma nova lei aprovada pela Ucrânia no passado dia 20FEV2018. Estamos perante um movimento rápido, político e militar, que poderá ter como consequência um aumento da violência. Todos os actores internacionais no terreno estão em alerta para fazer face a novos desafios, uma actuação mais musculada do Exército Ucraniano parece agora possível. (mais…)



BRIGADEIRO-GENERAL COELHO REBELO COMANDA A BRIGADA DE REAÇÃO RÁPIDA

Por • 17 Jan, 2018 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

A Brigada de Reação Rápida tem novo comandante desde o passado dia 9 de Janeiro: o Brigadeiro-General Coelho Rebelo, 55 anos de idade, 37 de serviço militar. Oriundo das Operações Especiais com longa carreira quer na área operacional, em Portugal e em missões expedicionárias, quer em funções de estado-maior, assume agora a liderança da grande unidade que integra as forças de primeiro emprego do Exército, aquela que deve estar pronta para avançar primeiro!«…Esta é a Brigada que é por todos reconhecida por integrar as designadas Tropas Especiais: Paraquedistas, Comandos e Operações Especiais; caracterizados por uma forte cultura própria de cada especialidade mas que não é, nem será garantidamente no meu Comando factor limitador de uma forte coesão da Brigada onde se inserem, antes lhe dando parte importante da coerência organizativa, a que se associam a artilharia de campanha e a antiaérea, a cavalaria, a engenharia, as transmissões e o apoio sanitário porque é na partilha de conhecimentos, na  melhoria contínua e na complementaridade que reside a força deste todo maior que a soma das partes…» (mais…)



BALANÇO DO OPERACIONAL.PT EM 2017

Por • 8 Jan, 2018 • Categoria: 02. OPINIÃO

Ao entrar no 10.º ano on-line o Operacional despede-se de 2017 como um ano difícil. Por motivos de ordem particular não foi nada fácil manter o site, o qual recordamos é 100% privado, não tem qualquer apoio institucional nem está ligado a qualquer associação ou empresa. Curiosamente mesmo tendo publicado menos de metade dos artigos de 2016 – logo baixamos as audiências – na realidade nunca fomos tão referidos na imprensa generalista nem tão solicitados para dar a nossa colaboração a diversos órgãos de informação, militares e civis. (mais…)



DEFESA NACIONAL E FORÇAS ARMADAS, O PIOR E O MELHOR DE 2017

Por • 5 Jan, 2018 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

Foi um ano fértil em acontecimentos marcantes na área da Defesa Nacional e Forças Armadas, quer aspectos positivos como o fortíssimo empenhamento para ajudar a colmatar as graves limitações evidenciadas pelo sistema de protecção civil nacional e o comportamento operacional dos militares portugueses República Centro Africana; quer negativos como os acontecimentos ainda não totalmente esclarecidos dos Paióis Nacionais de Tancos e o comportamento subsequente de agentes militares e políticos. (mais…)



O EMPREGO DAS FORÇAS ARMADAS NO TERRITÓRIO NACIONAL

Por • 17 Nov, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

O Coronel Carlos Gervásio Branco, colaborador habitual do Operacional, vem neste artigo e muito oportunamente lembrar aspectos básicos sobre o emprego das Forças Armadas – que parecem esquecidos no discurso público – e alertar, até com base em experiências anteriores, para as necessidades – materiais, legais e efectivos – decorrentes da atribuição de novas missões. (mais…)



TANCOS: NUNCA DEVERIA TER ACONTECIDO!

Por • 12 Nov, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

“Tancos: o caso do furto que aconteceu e que nunca deveria ter acontecido” é uma reflexão do Coronel Vítor Gil Prata, colaborador habitual do Operacional, que aqui levanta questões pertinentes – e inquietantes – sobre a investigação criminal neste incrível caso e interroga-se se seria possível prevenir este furto, evitando que tivesse ocorrido e tenta também perceber o que não permitiu a sua prevenção.

(mais…)



A REFUNDAÇÃO DO EXÉRCITO PORTUGUÊS

Por • 1 Nov, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO, EM DESTAQUE

Portugal precisa do Exército, paga-o e o ramo terrestre das Forças Armadas deve retribuir aos portugueses capacidades militares e outras, muitas únicas e imprescindíveis à sociedade, mas também conduta exemplar dos seus membros, desde o topo da hierarquia ao soldado. (mais…)



MISSÕES E EFECTIVOS, O CASO DA GNR

Por • 17 Jul, 2017 • Categoria: 02. OPINIÃO

O recente incidente de Tancos veio pôr a nu a real situação das Forças Armadas, consequência da manifesta falta de cuidado no que concerne às questões da segurança e da desatenção que nas últimas décadas o poder político tem tido para com as questões da defesa nacional e, designadamente, para as Forças Armadas (com repercussão directa nos planos material e imaterial). (mais…)