- - http://www.operacional.pt -

MILITARES DA BRIGADA MECANIZADA RUMAM AO IRAQUE

O 4.º Contingente Nacional destinado a integrar a Operação Inherent Resolve – Iraq, composto por militares da Brigada Mecanizada, está a terminar o aprontamento em Santa Margarida e partirá muito em breve para aquele teatro de operações, onde irá render a Brigada de Reacção Rápida, a terminar mais 6 meses de missão, num empenhamento que se iniciou em Maio de 2015.

Foto Estado_Maior de Defesa de Espanha com a seguinte legenda: Instructor portugués al lado del soldado iraquí, a quien supervisa su ejercicio de fuego real nocturno con M16. [1]

Foto Estado-Maior de Defesa de Espanha com a seguinte legenda: Instructor portugués al lado del soldado iraquí, a quien supervisa su ejercicio de fuego real nocturno con M16.

Ordinariato Castrense

Esta notícia foi dada em primeira mão pelo Bispo das Forças Armadas e das Forças de Segurança, D. Manuel Linda, que no dia 8 de Outubro último, a partir da página online do Ordinariato Castrense [2], dirigiu palavras de incentivo aos militares que agora vão partir.

Aqui fica a referida mensagem na íntegra:

«A realidade indica-nos que, na actualidade, a falta de Forças Armadas coesas, bem treinadas e equipadas, acaba por se traduzir em guerra civil ou em porta aberta para que invasores ditatoriais se imponham à população que quer viver em paz e em liberdade. O Iraque é um exemplo acabado disso mesmo. Por isso, o vosso esforço de ajudardes a formação e treino de Forças de Segurança equivale a um acto de caridade ou misericórdia para com a martirizada população do Iraque.

Quando falamos em caridade ou misericórdia, para muito de nós, vem-nos à memória uma dimensão religiosa. Sim, a dimensão da fé não passa somente pela oração, embora esta seja fundamental. Mas, inerente à fé, está o compromisso social. Isto é, a colaboração para o bem comum mediante as boas acções.

Atendendo a isto, a entrega do crucifixo adquire como que o símbolo de uma missão de envio: em nome  e com os sentimentos de Jesus Cristo que deu a vida por todos os homens e as mulheres e para salvação do mundo, ides para um meio hostil e para uma missão altamente difícil em favor da sociedade iraquiana e até da paz no mundo. Curiosamente, é assim que, entre nós, se costumam enviar os missionários (padres, religiosas ou leigos) quando partem para o exterior. Considerai-vos, pois, verdadeiros missionários da paz.

Evidentemente, como missionários, tendes de cultivar um específico estilo de vida. Permiti que vos lembre algumas atitudes: clima de fé e oração (rezai alguma coisa todos os dias); respeito pela fé muçulmana, partilhada por quase todos os que ides encontrar; dignidade nas acções e no relacionamento com os homens e mulheres com quem contactareis; lembrança contínua da vossa família que constitui a vossa verdadeira retaguarda emocional; perfeita camaradagem entre vós, sabendo valorizar o que vos une e evitar o que pode constituir motivo de atrito.

Ajudai os vossos formandos a adquirir uma mentalidade de serviço e não de violência: um Exército que se preze é respeitador dos outros e cultivador dos direitos humanos e da democracia. Existe para servir e não para dominar. No resto, segui o que a vossa consciência vos ditar. Sempre na certeza de que ides para ajudar e não para fomentar mais atritos.

Encomendo-vos a Nossa Senhora de Fátima de quem sei que sois muito devotos. Ela vos proteja. E vós acolhei-vos no seu regaço maternal.

+ Manuel Linda

Bispo das Forças Armadas e das Forças de Segurança »

Na sequência desta noticia de 8 de Outubro, a 11, a Agência Noticiosa da Igreja Católica Portuguesa, “Ecclesia”, faz também referência a esta mensagem, referindo inclusive uma das datas em que a rendição se fará.

Imagem publicada no site oficial da missão com a seguinte legenda:Southwest Asia - This week's building partner capacity graphic features photos of Portuguese coalition partners evaluating shooting accuracy during training at Besmaya Range Complex, Iraq; and Royal Danish helping to enhance Iraqi Federal Police skills during forcible-entry training at Al Asad Air Base, Iraq. By enabling Iraqi Security Forces through advise and assist, and building partner capacity missions, the Combined Joint Task Force – Operation Inherent Resolve’s multinational coalition is helping the Government of Iraq to set the conditions to defeat the Islamic State of Iraq and the Levant. View more photos of recent training below: Apr 9: Iraqi soldiers take part in various training events A Portuguese Coalition trainer points out a shot grouping to an Iraqi soldier with the 35th Iraqi Army Brigade during a 25-meter familiarization range at the Besmaya Range Complex, Iraq, April 9, 2016. Iraqi Federal Police sharpen room clearing skills A Royal Danish Army soldier, left, with Task Force Al Asad, instructs Iraqi Federal Police Force members on how to conduct a forcible entry during military operations on urban terrain training at Al Asad Air Base, Iraq, March 28, 2016. [3]

Imagem publicada no site oficial da missão com a seguinte legenda: Southwest Asia – This week’s building partner capacity graphic features photos of Portuguese coalition partners evaluating shooting accuracy during training at Besmaya Range Complex, Iraq; and Royal Danish helping to enhance Iraqi Federal Police skills during forcible-entry training at Al Asad Air Base, Iraq. By enabling Iraqi Security Forces through advise and assist, and building partner capacity missions, the Combined Joint Task Force – Operation Inherent Resolve’s multinational coalition is helping the Government of Iraq to set the conditions to defeat the Islamic State of Iraq and the Levant. View more photos of recent training below: Apr 9: Iraqi soldiers take part in various training events A Portuguese Coalition trainer points out a shot grouping to an Iraqi soldier with the 35th Iraqi Army Brigade during a 25-meter familiarization range at the Besmaya Range Complex, Iraq, April 9, 2016.

A nível do EMGFA, que tem a responsabilidade sobre as Forças Nacionais Destacadas, ao contrário, a politica de comunicação continua a ser a de apenas referir que temos militares no Iraque e quantos, sem fornecer qualquer notícia ou informação sobre esta FND e os militares que a integram.

A 34.ª e a 35.ª brigadas do Exército Iraquiano, foram formadas por instrutores espanhois, portugueses, ingleses e americanos e em breve (?) deverão participar no assalto a Mossul. O M-1 é um dos seus meios mais significativos. [4]

A 34.ª e a 36.ª brigadas do Exército Iraquiano, foram formadas por instrutores espanhóis, portugueses, ingleses e americanos e em breve (?) deverão participar no assalto a Mossul. O M-1 é um dos seus meios mais significativos.

Todo o armamento, individual e colectivo, destas unidades do Exército Iraquiano é de origem americana. [5]

Todo o armamento, individual e colectivo, destas unidades do Exército Iraquiano é de origem americana.

Espanha, a Televisão Pública e o Estado-Maior de Defesa

Quem acompanha o Operacional e em concreto a cobertura que temos feito sobre a participação portuguesa na operação Inherent Resolve, sabe que a maioria dos textos que temos produzido, assentam na informação regular que o Estado-Maior de Defesa de Espanha disponibiliza, ou do site oficial da Inherent Resolve, que, embora pouco, já se têm referido aos 30 militares que ali representam Portugal. Como é evidente o contraste entre a politica de comunicação portuguesa e dos outros países da NATO envolvidos nesta missão, é enorme.

Não são precisas mais provas para justificar esta afirmação, mas talvez uma das maiores, seja o programa que a Televisão Pública de Espanha, a TVE, inseriu numa série de outros que regularmente emite sobre as missões das Forças Armadas Espanholas, quer operando em Espanha quer no estrangeiro, e o Iraque não é excepção.

O programa é grande, cerca de 50 minutos, abrange praticamente todas as áreas da missão espanhola em Besmayah  – percebe-se aqui e ali que Portugal está lá, mas nenhum português aparece a falar –, foca quer os aspectos operacionais quer os particulares de muitos militares, homens e mulheres que são entrevistados,  e, quanto mais não seja por sabermos que é naquele local que também estão 30 portugueses, dá-nos uma boa imagem do que lá fazem, do que sentem. Merece ser visto!

Clique aqui para ver o vídeo:  RTVE – FAS Misión en Irak [6]

Imagens captadas no referido programa da RTVE [7]

Imagens captadas no referido programa da RTVE

diapositivo2-iraque [8]

diapositivo3-iraque [9]

diapositivo5-iraque [10]

diapositivo7-iraque [11]

diapositivo8-iraque [12]

diapositivo6-iraque [13]

Aos militares da Brigada Mecanizada que em breve rumam ao Iraque em cumprimento da missão atribuída pelo poder político português – pode parecer desnecessária a muitos esta afirmação, mas ainda há também quem pense que os militares estão nas missões porque lhes deu na real gana! – e que neste caso é participar na formação do Exército Iraquiano para assim o ajudar a eliminar o Daesh no seu país.

O Operacional deseja aos integrantes do 4.º Contingente Nacional – Iraque felicidades e sorte, e que regressem todos ao convívio das vossas famílias e amigos!

Também os morteiros em uso nas brigadas instruídas em besmayah por espanhóis e portugueses são "made in USA" [14]

Também os morteiros pesados em uso nas brigadas instruídas em Besmayah por espanhóis e portugueses são “made in USA”

A expectativa pelo ataque a Mossul começa a ser enorme, além das forças Iraquianas, e do apoio aéreo de paíoses da NATO foi recentemente divulgado que uma bateria de artilharia francesas [15]

Fogo real com morteiros pesados nos arredores da Base Gran Capitán. A expectativa pelo ataque a Mossul começa a ser enorme, além das forças Iraquianas, do apoio aéreo de países da NATO e de forças especiais de alguns países, foi recentemente divulgado que uma bateria de artilharia francesa está em posição ao alcance desta importante cidade bem no Norte do país, perto da Turquia.

 

Quer ler mais no Operacional sobre esta missão no Iraque? Clique em:

SEGUNDO ANO DE MISSÃO NO IRAQUE: FORMAÇÃO E TREINO [16]

3.º CONTINGENTE NACIONAL DE PARTIDA PARA O IRAQUE [17]

MISSÃO NO IRAQUE & MAIS UM NATAL LONGE DA PÁTRIA [18]

IRAQUE: NOVO CICLO DE FORMAÇÃO [19]

NOTÍCIAS DAS FORÇAS PORTUGUESAS NO IRAQUE [20]

BANDEIRA PORTUGUESA DE NOVO HASTEADA NO IRAQUE [21]

MISSÃO DAS FORÇAS ARMADAS PORTUGUESAS NO IRAQUE – 2015/16 [22]

COMANDANTE  DA COLIGAÇÃO INTERNACIONAL VISITA ESPANHÓIS E PORTUGUESES [23]

EXÉRCITO PORTUGUÊS NO IRAQUE: A MISSÃO CONTINUA! [24]

Leia no Operacional sobre anteriores missões portuguesas no Iraque:

A GNR NO IRAQUE, 2003-2005 [25]

PORTUGUESES EM KIRKUK : A ÚLTIMA MISSÃO [26]

GUERRA É GUERRA [27]