- - http://www.operacional.pt -

MEMÓRIA DAS MISSÕES DE PAZ; FOTOS, PROCURAM-SE!

Os anos passam e muitos factos de ontem são completamente desconhecidos das novas gerações. Qual será a idade média dos militares e polícias portugueses que hoje estão no Kosovo, Líbano, Afeganistão, Timor, República Democrática do Congo e em tantos outros locais? Vinte e cinco anos de idade? Vinte e oito? Trinta? Deverá andar por aí. Ou seja, em 1996, tinham entre 10 e 15 anos de idade.

De Moçambique à Bósnia, de Angola a Timor-Leste do Afeganistão ao Índico, do Kosovo ao Congo, Somália, Albânia, Antiga República Jugoslava da Macedónia e muitos outros locais deste mundo, viram e vêm os militares portugueses. A salvaguarda e divulgação desta memória, também pode passar pelo "Operacional". [1]

De Moçambique à Bósnia, de Angola a Timor-Leste, do Afeganistão ao Índico, do Adriático à Guiné, do Kosovo ao Congo, Somália, Albânia, Iraque, Chade, Antiga República Jugoslava da Macedónia e muitos outros locais deste mundo, viram e vêm os militares e as forças de segurança portugueses. A salvaguarda e divulgação desta memória, também pode passar pelo "Operacional".

O mais natural é que na melhor das hipóteses tenham uma noção por alto do que foram as primeiras missões falando com camaradas mais velhos.
E o que dizer dos jovens que nos lêem e que não são militares, mas gostam desta temática?
Aqui iremos colocar resumos das missões em que Portugal tem participado. Não se trata da “história” de cada uma delas mas apenas de um texto, eventualmente com um ou outro sub-título que achemos relevante, que esclarece (julgamos) os que se interessam por esta temática e não conseguem obter informação noutro lado. Acrescentaremos uma ou outra fonte bibliográfica que achamos relevante.

Fotografias, procuram-se!
A cobertura audiovisual feita por meios oficiais das missões de paz foi muito reduzida no inicio e é há uns tempos a esta parte quase nula. Neste aspecto regredimos em relação à guerra do Ultramar, onde os “foto-cine” acompanhavam muitas operações!
Há também que manter esta memória, a da imagem.
Daqui lançamos um desafio aos nossos leitores que participaram (ou os seus familiares) e participam nas missões de paz: enviem-nos as imagens, na melhor resolução possível, e trataremos de as divulgar no “Operacional”.
As imagens podem ser enviadas para fotografias@operacional.pt (ou em CD/DVD ou mesmo em papel para: Miguel Silva Machado, Apartado 252, 2564-911 Torres Vedras), acompanhadas de um texto do género: “(nome), declaro que sou autor destas imagens e que autorizo a sua publicação no site www.operacional.pt “ ; e de alguma informação que considere pertinente sobre o que foi fotografado (data, missão, local, nomes de pessoas, etc).
Se um dia – daqui a muitos anos, quando finalmente se pensar em fazer esta parte na nossa História Militar – o Estado delas necessitar, teremos todo o prazer em as ceder a custo zero.
Identificaremos sempre – a não ser que nos peçam o contrário – a identidade dos autores que aderirem a este projecto.

Aqui iremos colocar periodicamente resumos históricos das missões. Começamos pela da Bósnia-Herzegovina em 1996.

Clique em:

A MISSÃO NA BÓSNIA EM 1996 E O ACIDENTE DE 24 DE JANEIRO [2]